O projeto Dedo Na Ferida nasceu a partir expedições, buscas, e acima de tudo, vivências com os habitantes da rua, onde foram coletadas diversas experiências e informações a respeito da sua condição de vida. A invisibilidade e a condição de exclusão ao qual vivem essas pessoas, fazem com que suas identidades sejam apagadas e enfraquecidas dentro da sociedade, e foi pensando nessa posição de banimento que o projeto foi criado. 
Nesse trabalho, com a permissão dos moradores de rua, recolho sua impressão digital para produzir um trabalho de intervenção urbana, onde essas digitais são impressas em grande formato e coladas nas paredes onde se abrigam estes indivíduos, evidenciando sua existência e identidade dentro da sociedade. 

 

ALFREDO MAFFEI

EU SOU A RESSUREIÇÃO E A VIDA